Matriculas Colégio Metas
JN Gas
Anúncios posto
santos outubro
Kipreço agosto
Piauí

PRF apreende R$ 8 milhões em drogas em operação contra o narcotráfico

A Operação Lábaro mapeou as principais rotas do tráfico de drogas no Estado e resultou também na prisão de 20 pessoas.

Canal Piauí

Canal PiauíNotícias do Piauí

30/05/2019 14h08
Por: Redação
Inspetor Danilo Teive, coordenador regional da Operação Lábaro - Foto: Poliana Oliveira/O Dia
Inspetor Danilo Teive, coordenador regional da Operação Lábaro - Foto: Poliana Oliveira/O Dia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou durante os últimos dez dias uma mega operação de combate ao narcotráfico no Piauí, em que mapeou as principais rotas da droga no estado, desarticulou quadrilhas especializadas e fez diversas apreensões, dentre a elas uma grande quantidade de entorpecentes.

Segundo o balanço apresentado, foram apreendidos 25,5 Kg de maconha e 133 Kg de cocaína, principalmente cloridrato puro. Os entorpecentes apreendidos foram avaliados em R$ 8 milhões. “Este valor é representado principalmente pelo cloridrato puro presente na mistura da cocaína. É uma substância de alto valor no mercado: um quilo dessa droga é comercializado a R$ 30 mil dependendo do local e em pontos mais distantes das fronteiras, ela fica ainda mais cara”, explica o inspetor Danilo Teive, coordenador regional da Operação Lábaro.

Além da droga, foram presas 20 pessoas acusadas de envolvimento em uma quadrilha especializada no narcotráfico. Durante os dez dias de operação, a PRF fiscalizou 1.951 veículos, abordou cerca de 1.800 pessoas, fez 100 autuações, recolheu 24 documentos irregulares, nove veículos com documentação ilegal, registrou também 22 ocorrências criminais e apreendeu três veículos com registro de roubo.

Foram desarticuladas ainda 973 unidades de contrabando e descaminho de mercadorias, apreendidos também 16 metros cúbicos de madeira ilegal na região de Floriano, 97 unidades de anfetamina – substância usada por motoristas para se manterem acordados – e 19.738 pacote de cigarro.

Através do mapeamento, a PRF constatou que a droga geralmente entra no Piauí pela região Sul, sobretudo pelos municípios fronteiriços com a Bahia e o Maranhão, na região de Corrente, e na BR-230, próximo a Barão de Grajaú e Floriano. Em conjunto com as polícias Civil e Militar, a PRF está montando barreiras na região para intensificar a fiscalização e impedir a entrada desses entorpecentes no Estado.

A Operação Lábaro deve continuar nos próximos meses, mas ainda sem data definida. Foi o que informou o inspetor Bruno Simões, coordenador nacional das ações. De acordo com ele, já estão planejadas pelo menos mais sete etapas da operação e ela tem previsão para aconteceu até o final do ano. “É um trabalho que acontece em todo o país, envolvendo cerca de 500 policiais rodoviários federais justamente para mapear o caminho da droga e interromper o tráfico em seu trajeto”, explica.

Bruno Simões acrescenta que o Piauí recebe uma atenção especial da PRF nesse sentido, porque se trata de uma estado com localização estratégica, que serve como acesso para as demais unidades federativas do Nordeste, sobretudo por conta de sua extensão territorial, o que o torna região de fronteira com quase todos os estados da região.


FONTE: Portal O Dia

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.