JN Gas
Kipreço agosto
Santos Magazine
baile de reggae

Teresina - PI | Homem é perseguido e morto com facadas e pedradas

Negueba, a vítima e outras pessoas estavam em carro quando começaram a ser perseguido por outro veículo

Canal Piauí

Canal PiauíNotícias do Piauí

10/06/2019 17h00
Por: Redação
(Imagem: Divulgação-Helio Alef/GP1)
(Imagem: Divulgação-Helio Alef/GP1)

Um homem identificado com Daylon de Sousa Martins, 24 anos, foi encontrado por volta das morto por volta das 6:30 de desta segunda-feira (10/06) no bairro Angelim, zona sul de Teresina. A vítima teria sido assassinada com golpes de arma branca. O corpo estava no chão, em um local conhecido como Morro do Boreu e segundo a polícia, a área é usada como desova de corpos.

"Toda hora aparece uma pessoa morta nesse morro. Os bandidos matam e jogam aqui", disse um morador da região que não quis se identificar.

A primeira equipe a chegar no local foi da Polícia Militar, que logo em seguida acionou o Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa e a Perícia. Um par de chinelos que possa ser da vítima e pedras que teriam sido usadas no crime foram recolhidos.

De acordo com o delegado Robert Lavour, a vítima esteve em um baile de reggae e na saída teria se envolvido em uma briga, no bairro Promorar, também zona sul. Lá o rapaz teria sido sequestrado pelos inimigos.

"Eu conversei com a família da vítima. Eles contaram que o Daylon saiu ontem para uma festa e quando saiu do local com os amigos teve uma início uma briga e até troca de tiros. Na fuga o carro que Daylon estava se envolveu em uma acidente. Os amigos dele conseguiram fugir mas o Daylon não. Ele teria sido pego pelos criminosos e depois trazido pra cá. Os vizinhos não escutaram nada durante a madrugada, então acreditamos que ele foi deixado aqui já morto. Mas vamos investigar tudo pra encontrar os autores desse homicídio", explicou o delegado Robert Lavour, do DHPP.

Após perícia no local o corpo foi recolhido para o Instituto Médico Legal, no Bairro Saci.

Local do crimeLocal do crime

Fonte: PORTAL DOUGLASCORDEIRO.COM

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.