JN Gas
Kipreço agosto
Anúncios posto
Matriculas Colégio Metas
santos outubro
superdosagem

Polícia suspeita que criança morreu em Teresina após receber superdosagem de remédio para dormir

Mãe da criança prestou depoimento nesta terça-feira (23) na Delegacia de Amarante, Sul do Piauí.

24/07/2019 10h31
Por: Redação
Fonte: G1 - Piauí
Hospital Infantil Lucídio Portela — Foto: Gilcilene Araújo/G1
Hospital Infantil Lucídio Portela — Foto: Gilcilene Araújo/G1

A mãe da criança de 3 anos, que morreu por disfunção de múltiplos órgãos no Hospital Infantil Lucídio Portela há uma semana, prestou depoimento na Delegacia de Amarante nessa terça-feira (23). Segundo delegado Otony Nogueira, a suspeita é de que a vítima tenha ingerido uma dosagem errada de remédio.

Em depoimento, a mãe confirmou ter viajado com os amigos e deixado a filha sob os cuidados de uma mulher, que seria avó dos irmãos da vítima. Ao retornar, ela encontrou a filha desacordada e ao pedir explicações do fato foi agredida a socos, pontapés e pauladas por três pessoas.

"A mãe registrou boletim de ocorrência pelas agressores e pela morte da filha. A principal linha de investigação é que a mulher que estava cuidado da criança deu um remédio para ela dormir, porque queria que a mesma não perturbasse mais a bebedeira deles. No entanto, deu uma dosagem errada, levando a vítima a óbito", disse Otony Nogueira.

Para o delegado, a mãe pode responder por negligência ao deixar a filha de 3 anos sob cuidados de uma terceira pessoa, em um ambiente propício ao uso de drogas e bebidas alcoólicas. Os suspeitos da agressão e de envolvimento na morte da criança ainda serão ouvidos.

Entenda o caso

Uma criança de 3 anos foi internada na terça-feira (16) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil, em Teresina, sob suspeita de estupro e envenenamento. De acordo com a polícia, o crime teria ocorrido em Amarante, Sul do Piauí.

Inicialmente a polícia tinha a suspeita de que a menina teria sido violentada e envenenada, mas após a realização de exames, o estupro foi descartado. O delegado aguarda o resultado do exame toxicológico para confirmar a ingestão do remédio.

Dois dias depois, a criança morreu na quinta-feira (18), por disfunção de múltiplos órgãos. O boletim médico informou que a vítima deu entrada no Hospital Infantil Lucídio Portela acompanhada da equipe avançada do Samu, com parada cardiorrespiratória, que foi revertida na UTI. Contudo, a criança não resistiu à gravidade da situação.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Amarante - PI Notícias de Amarante - PI
Municípios
Banner sessão 1 (política)
Últimas notícias
Banner sessão 1 (entretenimento)
Mais lidas
Banner sessão (cidade)
Anúncio