Kipreço agosto
santos outubro
JN Gas
Anúncios posto
Conselho Edu. Física

CREF denuncia 25 prefeituras ao MP-PI por descumprimento de lei sobre aulas de educação física escolar

Água Branca, Alto Longá, Amarante, Angical, Beneditinos, Bom Princípio, Buriti Dos Lopes, Cajueiro Da Praia, Cocal, Esperantina, Hugo Napoleão, Ilha Grande, Ipiranga, José De Freitas, Monsenhor Gil, Morro Do Chapéu, Novo Santo Antônio, Palmeirais, Parnaíba, Prata Do Piauí, Santa Cruz Dos Milagres, São Félix, São João Da Serra, São Miguel Da Baixa Grande e Teresina.

Canal Piauí

Canal PiauíNotícias do Piauí

23/09/2019 22h25
Por: Redação
Fonte: CREF-PI
(Imagem: Divulgação)
(Imagem: Divulgação)

O Conselho Regional de Educação Física do Piauí (CREF15) denunciou 25 prefeituras ao Ministério Público Estadual do Piauí após constatar o descumprimento das legislação vigente em relação as aulas de educação física escolar, em especial a Lei Federal 9.9696/98 e a Lei Estadual 7.098/98.

Dentre os municípios denunciados estão: Água Branca, Alto Longá, Amarante, Angical, Beneditinos, Bom Princípio, Buriti Dos Lopes, Cajueiro Da Praia, Cocal, Esperantina, Hugo Napoleão, Ilha Grande, Ipiranga, José De Freitas, Monsenhor Gil, Morro Do Chapéu, Novo Santo Antônio, Palmeirais, Parnaíba, Prata Do Piauí, Santa Cruz Dos Milagres, São Félix, São João Da Serra, São Miguel Da Baixa Grande e Teresina.

De acordo com chefe de fiscalização do CREF15, Charlie Maia, as aulas de educação física escolar devem ser ministrada por Profissionais de Educação Física devidamente qualificados e habilitados em todos os níveis da educação básica e isso não estava sendo cumprido.

"O setor de fiscalização do CREF15, através de verificação 'in loco', constatou que nos municípios citados foram encontradas várias irregularidades: ausência da atuação do profissional de educação física, principalmente nas séries iniciais do ensino fundamental. Além de identificar graduados em educação física atuando sem registro, professores de outras disciplinas ministrando aulas de educação física e estagiários assumindo turmas sem a supervisão de um graduado e habilitado", explica o chefe de fiscalização.

Charlie Maia ainda destaca que as fiscalizações continuam intensas no segundo semestre de 2019 com o intuito de que a legislação seja cumprida e tenha-se a valorização do profissional de educação física no Piauí.

 
Ascom CREF-PI
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.