Sexta, 21 de Junho de 2024
21°

Tempo nublado

Hugo Napoleão, PI

Polícia “Operação Hurricane”

Polícia Civil deflagra “Operação Hurricane” contra tráfico de drogas em Teresina

Os presos em flagrante delito são integrantes de uma facção criminosa oriunda de penitenciárias

04/08/2023 às 07h31
Por: Marcos Genilson
Compartilhe:
Apreensões da “Operação Hurricane” na zona sudeste da capital
Apreensões da “Operação Hurricane” na zona sudeste da capital

A Polícia Civil do Piauí (PC-PI) deflagrou a “Operação Hurricane”, nesta quinta-feira (03), dando cumprimento a oito mandados de busca e apreensão na Vila Washington, área do bairro São Sebastião, na zona sudeste de Teresina.

A ação, realizada pelo Departamento Estadual de Repressão ao Narcotráfico (DENARC),  culminou nas prisões em flagrante de dois homens, um com as iniciais F.T. P.D.N, de 24 anos, e o outro com as iniciais F.C.G, de 53 anos, pelo crime de tráfico de drogas.

No imóvel de F.T.P.D.N., foram encontrados vários invólucros de substâncias entorpecentes análogos à maconha e a crack prontos para serem comercializados e ainda uma camisa de um Batalhão Especializado da Polícia Militar, além de uma máquina de cartão de crédito.

Na residência de F.C.G., foram apreendidos mais de três mil reais em dinheiro, além de vários invólucros de substância entorpecente semelhante a crack que seriam viriam a ser comercializados. Segundo investigações preliminares, esse preso já possuiu procedimento criminal também por tráfico de drogas no ano de 2018, porém, no momento de sua prisão, ele apresentou carteira de identidade com nome diverso ao anterior, o que resultará em envio de seu documento para o Instituto de Criminalística para análise pericial e papiloscopia. Após isso, ele poderá ser indiciado ao final do inquérito policial por uso de documento falso ou falsidade ideológica.

Outros duas pessoas foram conduzidas à sede do DENARC, sendo contra uma delas lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência por desobediência, pois rasgou anotações de possível contabilidade do tráfico de drogas no momento do cumprimento do mandado de busca e apreensão. Após isso, essas duas pessoas foram liberadas.

Os presos em flagrante delito são integrantes de uma facção criminosa oriunda de penitenciárias do estado do Maranhão e serão encaminhados para o sistema prisional piauiense após audiência de custódia.

Segundo o delegado do DENARC responsável pela operação Jarbas Lima, os pontos de venda e guarda de entorpecentes desarticulados ficavam a menos de cem metros de uma escola do município de Teresina, havendo em seu muro uma pichação da facção criminosa. “Com a prisão de tais indivíduos, espera-se que as crianças e adolescentes daquela comunidade sejam menos expostas à criminalidade no que tange ao tráfico de drogas”, completou o delegado.

O DENARC informa que reafirma o compromisso de combater o tráfico de entorpecentes, reprimindo desde o grande até o pequeno traficante de drogas. As investigações acima são resultados de denúncias anônimas recebidas pelo DENARC, oportunidade em que a PC-PI reitera a importância das denúncias da população no combate à criminalidade.

Para denúncias anônimas, a PC-PI disponibiliza um canal no seu site oficial e o DENARC dispõe do contato (86) 3216-5281 para ligações e mensagens via WhatsApp.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias