Sexta, 21 de Junho de 2024
21°

Tempo nublado

Hugo Napoleão, PI

Saúde Médico se exalta

Médico que discute com paciente e ameaça não atender é afastado de hospital

Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o profissional se irrita e grita com pacientes na sala de espera da unidade.

28/04/2023 às 11h05 Atualizada em 28/04/2023 às 11h18
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução do vídeo
Foto: Reprodução do vídeo

Um médico plantonista foi afastado do Hospital Estadual João Luís de Moraes, em Demerval Lobão, após discutir com pacientes e ameaçar parar o atendimento na tarde desta quinta-feira (27). Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o profissional se irrita e grita com pacientes na sala de espera da unidade. 

“Se frescar, eu não atendo mais ninguém. Eu só vou atender urgência e emergência a partir de agora. E se desrespeitar alguém daqui, eu também só atendo urgência e emergência", diz o médico.

O afastamento do médico foi confirmado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), através de nota:

Confira a nota na íntegra

 

 A Direção do Hospital Estadual João Luis de Moraes esclarece que assim que tomou conhecimento do fato, afastou o plantonista que aparece nas imagens que circulam nas redes sociais.

O Hospital se solidariza com os pacientes que presenciaram o ocorrido e informa que as providências cabíveis já foram tomadas.

A direção ressalta ainda que o hospital preza pelo bom atendimento dos seus pacientes e que promove reuniões periódicas sobre humanização e profissionalismo na abordagem aos usuários da unidade hospitalar, e que o episódio trata-se de ocasião pontual.

 

A Câmara de Vereadores do município lançou nota onde manifesta repúdio e indignação com os atos praticados pelo médico. 

Nota de Repúdio

A Câmara Municipal de Demerval Lobão-PI por intermédio de seu Presidente César Alexandre Olímpio, vem a público MANIFESTAR SEU REPÚDIO E INDIGNAÇÃO aos atos praticados por um suposto médico do Hospital Local João Luís de Moraes contra os pacientes que ali esperavam por atendimento, os quais foram registrados por meio de vídeo que circula nas redes sociais.

Ressaltamos que a República Federativa do Brasil, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como um de seus fundamentos a dignidade da pessoa humana, a qual deve ser respeitada em qualquer circunstância, de modo que nada justifica à atitude grosseira, irresponsável, desumana e com total falta de ética por parte daquele que fez um juramento de ser sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência.

Informamos ainda que a Câmara Municipal de Vereadores dentro de sua competência legal tomará as providências necessárias para que atitudes como está não voltem a ocorrer nos órgãos públicos de nosso município.

 

O médico não foi localizado pelo portal para comentar a situação. O espaço permanece aberto para os devidos esclarecimentos.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias